ARTIGOS

Prevenir é melhor do que remediar


É uma dica, um velho provérbio português utilizado na saúde, que podemos adequar perfeitamente na sua empresa. A ideia parte do seguinte contexto, toda medida cabível no intuito de evitar problemas, erros e falhas deverá ser aplicada no presente para não derivar danos no futuro. É claro, que é muito mais fácil na teoria do que na prática, e, sim, um grau de prevenção de 100% é utopia, mas acredite, sua empresa terá melhores ganhos e muito mais fôlego a longo prazo.
Toco neste assunto, pois por coincidência este esteve em pauta em uma das conversas que tivemos essa semana em nossa empresa. O discutido foi o seguinte impasse, o custo de prevenção compensa o custo da correção futura? Com certeza, a resposta não é tão simples, mas comparando vários cenários e hipóteses o custo de prevenção é igual ou menor, mas ele traz vantagens secundárias bem maiores. Vejamos algumas:
- Fluxo melhorado nos processos padronizados da empresa;
- Menor carga de “stress” em consequência de menores frequências de imprevistos;
- Melhora no clima empresarial, ou seja, colaboradores mais satisfeitos;
- Menor retrabalho e maior qualidade;
As vantagens anteriormente mencionadas impactam indiretamente nos ganhos financeiros da empresa, a vantagem essencial está ligada na estabilidade econômico-financeira da empresa. A prevenção reduz riscos, menores riscos significam maiores chances de sucesso em ações futuras, ou melhor, a prevenção representa maior assertividade na gestão do seu negócio e os ganhos dessa estratégia vou deixar a critério de sua imaginação.
A aplicação desta teoria é muito simples. Se você constatar a origem de indiferentes danos, seja na produção, no administrativo, no marketing, vendas, qualquer que seja a área de sua empresa, pense em aplicar soluções hoje para que esses problemas não aconteçam.
Uma boa semana para você!
Henrique Fernando Pies - Consultor Empresarial

Postado em: quinta-feira, 13 Set 2018.

Gostou desta matéria? Compartilhe com seus amigos...