ARTIGOS

Arranjo físico por produto, principais considerações

Olá prezados leitores, estamos de volta por aqui falando sobre arranjo físico, desta vez quero abordar um em específico, o Layout por produto. O tipo de layout em que uma empresa vai operar é definido segundo diversos fatores, entre eles os principais são: O produto a ser fabricado, os processos de produção e os volumes produzidos.
Ao adotar o layout por produto, os processos produtivos passam a obedecer um certo fluxo de produção, seguindo a sequência necessária para a construção do produto da primeira até a última peça, este formato também é chamado de linha de produção. Ou seja, as máquinas e equipamentos são organizados em sequência, conforme as etapas necessárias para a realização do produto, que por sua vez é padronizado e geralmente possui altas demandas.

Entre as principais vantagens de organizar um layout por produto estão a redução da função de movimentação, padronização de processos e produtos, melhora no planejamento dos processos, facilita o treinamento da mão de obra, reduz estoques e a facilita o controle geral da produção. Porém como todo sistema, este também apresenta riscos, principalmente relacionados as máquinas e equipamentos, como por exemplo, a parada de todo o processo pela quebra de uma máquina, investimentos elevados ou ineficiência quando o processo não estiver 100% alinhado.
É importante ressaltar que a abordagem aqui apresentada é focada na área industrial manufatureira, porém, o arranjo físico pode ser organizado com base nessa mesma teoria em diversas áreas empresariais, cada qual com suas particularidades.
Élvio Tadeu Becker - Consultor empresarial

Postado em: Quinta-Feira, 1º Março 2018.

Gostou desta matéria? Compartilhe com seus amigos...