ARTIGOS

Gestão da qualidade: porque toda organização deveria investir?


Gestão da Qualidade, um assunto muito falado e inclusive abordado em grande parte das organizações, porém muitas vezes visto com olhos críticos a ponto de gerar conclusões precipitadas no que diz respeito a viabilidade e importância fazendo vir a tona a seguinte dúvida: A gestão da qualidade é um custo ou investimento?
Meu objetivo com este texto é trazer argumentos capazes de pôr um fim nesta dúvida, e provar que é um dos melhores investimentos que uma organização pode fazer quando busca consolidação das suas atividades ou produtos a médio e longo prazo.
O processo de implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade, ao contrário do que muitas pessoas imaginam, não é difícil, porém exige bastante esforço da empresa como um todo, desde a mais alta direção até o chão de fábrica (melhoria contínua, trabalho em equipe e motivação são pontos chaves para o sucesso).
Muito se questiona também sobre a viabilidade de implementar técnicas de gestão da qualidade em empresas pequenas, que ainda não buscam atingir um mercado com exigências muito altas ou que atuam em ramos onde o foco nos detalhes não é um dos principais requisitos, a resposta é SIM, toda e qualquer atividade que trará melhoria nos processos, melhoria nos produtos e serviços deve ser considerada.
Embora seja um processo trabalhoso, a implementação eficaz proporciona inúmeras vantagens. A seguir apresento algumas que considero mais importantes, e que funcionam em organizações de todos os tamanhos e áreas de atuação.
1 – A organização deixa de enxergar somente quantidade (produzir mais e mais e mais) e passa a enxergar a qualidade, esta constitui um fator ganhador de pedidos (ver matéria sobre Fatores qualificadores e ganhadores de pedidos).
2 – Processos estruturados e padronizados: A orgnização passa a estruturar e documentarseus processos e dessa forma padroniza as ações. Aplicando a mentalidade de melhoria contínua chega-se cada vez mais ao processo ideal. Isto quer dizer que os resultados dos processos se tornam cada vez melhores e o mais importante, são constantes constantes.
3 – Sustentabilidade/continuidade: Tudo o que foi citado acima reflete na razão de existir da empresa: O cliente. Estando este feliz e satisfeito com a empresa, produtos e serviços, sempre terá a sua empresa entre as opções a considerar antes da próxima aquisição.
Portanto fiica claro que todo esforço realizado em prol da qualidade consiste em um investimento da empresa em seu próprio futuro.
Até a próxima!
Élvio Tadeu Becker - Consultor Empresarial

Postado em: segunda-feira, 03 Set 2018.

Gostou desta matéria? Compartilhe com seus amigos...